Namaacha promove primeiro leilão de bovinos geneticamente modificados

SOCIEDADE

Um total de 24 cabeças de gado bovino geneticamente modificadas foram leiloadas, na passada sexta-feira, na localidade de Changalane, no distrito da Namaacha, na província de Maputo, como forma de fomentar raças de grande rendimento, em termos de carne, produção de leite e outros derivados.

Trata-se de uma iniciativa do governo distrital daquele ponto do país, em coordenação com a Direcção Provincial de Agricultura e Pesca, com apoio de alguns produtores daquele ponto do país. O acto teve lugar na Fazenda Simtaurus.

O evento que se prolongou por quase todo o dia, contou com a participação, não só de produtores de Namaacha, como também oriundos de outros pontos da província de Maputo, ávidos de participar no leilão e colher experiência.

Paralelamente ao leilão foi organizada, no mesmo local, uma feira de venda de insumos diversos relacionados com variedade melhoradas de bovinos, que permitem duplicar os rendimentos.

“Este leilão, que hoje assistimos, visa permitir a venda de cabeças de gado bovino de grande valor comercial e que permitem maiores rendimentos. São bovinos machos de raças diferentes de grande porte, que servirão como reprodutores e podem ser usados para cruzar com as fêmeas comuns”, referiu Leonor Neves, directora provincial da Agricultura e Pesca.

De acordo com Leonor Neves aquelas variedades de bovinos geneticamente melhorados quando cruzam com os bovinos comuns garantem o melhoramento das espécies, gerando indivíduos de grande porte, com quase o dobro do peso dos bois comuns.

Igualmente, permitem aumentar sobremaneira a quantidade e qualidade do leite, para além da carne de grande qualidade e susceptível a poucas doenças, dado o facto de serem espécies que demandam maior assistência.

“Esses bovinos quando cruzam com os bois comuns garantem o aumento de carne e leite. Por isso neste leilão foram colocados a disposição dos criadores da província de Maputo 24 machos em idade reprodutiva”, assegurou a directora da Agricultura e Pesca na Província de Maputo.

Devido a sua envergadura e qualidade, segundo apurou o Correio da Matola, os referidos machos foram leiloados a valores que variam entre 85 e 463 mil meticais, tendo os arrebatadores mostrado maior apetência por bois da espécie bramam.

“O objectivo deste leilão é criar condições para que os produtores locais possam adquirir espécies melhoradas para que paulatinamente possam melhorar a qualidade do seu gado bovino”, sublinhou Neves.

A anteceder o leilão houve uma pequena concertação entre as autoridades do sector e os produtores da província de Maputo, com vista a encontrar-se um melhor mecanismo de assegurar a produção em meio a seca e estiagem que graça neste ponto do país há alguns anos.

Entre as soluções apresentadas consta a produção de feno com pastagem de capim com apenas 20 porcento de floração, para garantir melhor qualidade de alimentos, sobretudo para aquele tipo de bovinos mais exigentes em termos de observância de normas de maneio durante a criação.

No mesmo evento, empresas de venda de insumos, fizeram exposição de produtos essenciais como ração, vacinas e outro tipo de medicamentos para prevenir o aparecimento de doenças que possam não só colocar em causa a saúde dos animais, como também dos consumidores.

Refira-se que bovinos comuns na fase adulta e bem nutridos pesam em média180 a 200 quilos, enquanto bovinos de espécies geneticamente melhoradas podem chegar até 350 quilos.