Total com “apagão” do sistema para compra de combustível

DESTAQUE

Os clientes da Total Moçambique que usam Total Card, um cartão de combustível que permite efectuar compras na rede de estações de serviço daquela multinacional nos terminais de pagamento de combustíveis, enfrentaram na segunda-feira (04) uma restrição da rede, com o apagão do sistema daquele serviço.

O problema durou pouco mais de 24 horas e não houve qualquer explicação da empresa sobre o que realmente terá acontecido, encontrando muitos clientes em contra pé.

Na tentativa de apurar as razões que provocaram o apagão daquele serviço electrónico, o Jornal Evidências foi orientado a esperar enquanto a empresa recolhe informações sobre o assunto.

De referir que a rede de Total Card, é uma tecnologia do chip que oferece uma forma segura e de difícil duplicação, permitindo manter um baixo consumo de combustível e optimizar a gestão de frotas, através de um sistema totalmente seguro.

Fora de combustíveis, a Total está em Moçambique a operar o Projecto Mozambique LNG (Gás natural liquefeito), que iniciou com a descoberta de uma vasta quantidade de gás natural na costa norte de Moçambique em 2010, levando a uma Decisão Final de Investimento de 20 bilhões de dólares em 2019.

Agora, por meio de cooperação e planificação responsável do projecto, o projecto encontra-se a caminho de entrega do primeiro GNL em 2024, no entanto, a insurgência que eclodiu em 2017, na província de Cabo Delgado, ameaça essas perspectivas.