Vuma e seu elenco tomam posse amanhã

SOCIEDADE

Agostinho Vuma toma posse, esta quarta-feira, para o seu segundo mandato a frente dos destinos da Associação das Actividades Económicas de Moçambique (CTA), depois de ter sido reeleito em Dezembro último, num processo, como é característico desta agremiação, turbulento e com alguns episódios que roçam a baixaria.

Para além de Agostinho Vuma, tomam posse amanhã, pela manhã, outros membros do seu elenco, com destaque para os seus novos vice-presidentes, que irão substituir os anteriores, que nas vésperas das eleições decidiram formar a lista concorrente.

Agostinho Vuma que concorria pela lista A, foi reeleito, após derrotar Álvaro Massingue, que concorria pela lista B. Vuma venceu com 68 votos (59%), contra 47 votos (41%) do seu oponente, que, por sinal, foi um dos seus vice-presidentes e chegou a dirigir os destinos da agremiação de forma interina.

Recorde-se que no seu discurso pós-eleitoral, Vuma falou da necessidade de união entre os “patrões” em torno de um objectivo comum, a melhoria do ambiente de negócios.

“A partir deste momento estamos todos unidos e implacáveis para retomar a nossa marcha na remoção de barreiras ao negócio em Moçambique. Serei um presidente de todos os membros da CTA, como tem sido apanágio. Serei um presidente interessado e empenhado na segurança do património e da pessoa empresarial em Moçambique “, declarou à imprensa Agostinho Vuma, no seu primeiro discurso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *