Covid-19: Ministro da Saúde confirma circulação da variante sul-africana no País

SAÚDE

O Ministro da Saúde, Armindo Tiago, declarou que a variante sul-africana do novo Coronavírus, conhecida por atingir os pacientes mais jovens e por ser mais resistente a anticorpos, circula em Moçambique desde Novembro do ano passado.

“Enviamos amostras para África do Sul e Inglaterra com a finalidade de verificação do novo vírus. Segundo revelaram as análises laboratoriais, desde Novembro que já circula a nova variante sul-africana do novo Coronavírus em Moçambique”, afirmou Armindo Tiago durante uma visita às obras de instalação de um centro de internamento de covid-19 no Hospital Geral de Mavalane.

O número de infecções e óbitos bateu todos os recordes depois do país receber uma avalanche de moçambicanos e turistas que escalaram o país para as festas do Natal e do final do ano

De acordo com o titular da pasta da saúde no Governo de Filipe Nhusi, o aumento de infecções, internamentos e óbitos no país, registados desde o início do ano em curso, não se deve apenas à existência da variante sul-africana, mas também com o relaxamento no cumprimento das medidas de prevenção.

De lembrar que a variante sul – africana foi descoberta em Dezembro de 2020, por uma equipa de investigadores daquele país e já foi detectada em vários países.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *