Índia vai doar 100 mil doses da vacina contra a covid-19

POLÍTICA SAÚDE

Depois de receber o primeiro lote de vacinas contra a covid-19, doadas pela China. Moçambique prepara-se para receber mais 100 doses da Índia.  Este facto foi tornado público pelo Alto-comissário designado da República daquele país asiático, Ankan Banerjee.

Segundo a ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Veronica Macamo, que falava no fim da cerimónia de entrega de cartas credenciais ao Presidente da República, Filipe Nyusi, pelo diplomata indiano e pelo alto-comissário da República da África do Sul, Siphiwe Nyanda, a Índia reiterou a disponibilização de 100 mil vacinas para Moçambique para fazer face à pandemia.

“Como bem sabemos, as vacinas são um elemento crucial para controlar a propagação e consequentes mortes pela doença. Tal como as 200 mil vacinas que vieram da China, acreditamos” que as doses para imunização prometidas pela Índia “também chegarão em breve. Só não tenho como dizer quando, pois há uma série de procedimentos a serem seguidos pelos dois países para que tal aconteça”, explicou Verónica Macamo.

As vacinas disponíveis no mercado internacional não tem eficácia quando se trata da variante sul – africana da covid-19. Instada a falar da eficácia das vacinas que o paiis vai receber, Macamo declarou que o Governo vai tomar precauções. Tudo está a ser ponderado, pois estamos a falar de um processo muito importante, de vacinação. Temos o exemplo da África do Sul que descobriu a ineficácia da vacina da AstraZenica e nós iremos tomar as devidas precauções”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *