Matsangaissa Júnior entrega-se às autoridades e desfalca a Junta Militar da Rennamo

DESTAQUE POLÍTICA

Mais um revés para a Junta Militar da Renamo. André Matsangaissa Júnior, sobrinho do histórico líder da Resistencia Nacional de Moçambique, entregou-se às Forças de Defesa e Segurança.

Mario Nhongo está cada vez mais isolado. Nesta segunda-feira, 01 de Março, o líder da autoproclamada Junta Militar da Renamo perdeu um dos seus braços direitos. O facto foi tornado publicado pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, através da sua página no Facebook.

De acordo com Nyusi, André Matsangaíssa Júnior tomou esta decisão em resposta ao convite que fora feito a todos os integrantes da Junta Militar da Renamo. “Ele decidiu abandonar a Junta Militar da RENAMO e voltar ao convívio dos moçambicanos pela paz”, disse o Presidente da República para depois acrescentar que “o facto de ter abandonado a Junta Militar não quer dizer que tem as mesmas ideias do Governo, de um partido ou de um outro cidadão, mas a decisão que tomou de que quer viver na diferença com os outros moçambicanos é que é salutar”.

Por outro lado, Nyusi aproveitou a ocasião para lançar, mais uma vez, o apelo aos membros da autoproclamada Junta Militar de Mariano Nhongo, “nas províncias Manica, Sofala, Tete e Niassa para que se juntem à razão e ao povo moçambicano”.

Refira-se que está é a segunda baixa de peso no grupo dissidente no ano em curso, visto que, nos meados de Fevereiro, perdeu Paulo Filipe Nguirinde, que desempenhava a função de Chefe do Estado Maior.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *