Funcionários e Colaboradores da LAM imunizados contra Covid-19

DESTAQUE SOCIEDADE
 
 
A empresa Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) está a proceder à vacinação dos seus trabalhadores contra a Covid-19, numa acção que se iniciou na passada quarta-feira, 12 de Maio, nas representações de Pemba e Quelimane. 
 
A vacinação prosseguiu na quinta-feira, na sede da empresa, em Maputo, onde estão a beneficiar desta acção os trabalhadores do “frontline” e os que têm 60 anos de idade ou mais.  A administração da vacina na LAM continuará por todas as áreas e representações, concretizando-se, assim, o plano resultante do bom entendimento entre as Linhas Aéreas de Moçambique e o Ministério da Saúde, que tem enviado equipas de seus profissionais à empresa para procederem às vacinações.
 
Em comentário ao processo de vacinação, o Director Geral da companhia, João Carlos Pó Jorge, elogiou a adesão dos trabalhadores e recomendou as áreas de trabalho e representações, por onde esteja a decorrer a vacinação, para que tomem providências, de modo a garantir o envolvimento de todos os trabalhadores nesta acção.
 
“É gratificante ter esta abertura do Ministério da Saúde, a quem agradecemos imenso por nos incluir na lista de empresas com prioridade para a administração da vacina contra a covid-19 aos seus trabalhadores. Há muito que desejávamos conseguir tomar esta vacina. Agora é uma realidade, as condições estão criadas, obedecendo às regras estabelecidas pelo facto da vacinação decorrer por fases. É gratificante notar a adesão e recomendamos que todos tomem a vacina”, acrescentou.