Insurgentes invadiram Ulumbe e assassinaram cinco ex-integrantes do grupo

DESTAQUE POLÍTICA

Os insurgentes voltaram a invadir, na noite de ontem, o distrito de Palma, concretamente em Ulumbe, numa alegada missão de perseguição de desertores das suas fileiras. Trata-se de cinco supostos antigos membros do grupo terrorista que foram encontrados mortos no local.

A informação foi revelada este Sábado, pelo Presidente da República e simultaneamente do partido no poder, Filipe Nyusi, durante a abertura da V sessão do Comité Central do Partido Frelimo, na qual fez uma radiografia da situação política, económica e social do país.

Segundo o Chefe do Estado, as Forças de Defesa e Segurança (FDS) conseguiram impedir uma investida de larga escala dos insurgentes, embora a sua explicação dá a entender que os malfeitores conseguiram cumprir o seu objectivo.

Filipe Nyusi, que não falou de qualquer vítima civil e nem do lado das FDS, deu a entender que os insurgentes entraram a aquele ponto do país numa missão de perseguição de seus elementos desertores, que culminou com o assassinato de cinco supostos antigos membros do grupo terrorista.

“Ainda esta manhã, quando entrava os oficiais me comunicaram que ontem a noite, tentaram (os insurgentes) entrar em Ulumbe, distrito de Palma. Não conseguiram. Mas também ficamos a saber que estavam lá para assassinar cinco cidadãos, que faziam parte (do grupo) deles e conscientemente decidiram largar (abandonar) e então os perseguiram. É mais uma razão (evidência) de que os terroristas são também contra outros terroristas”, sublinhou Nyusi.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *