Vôlei de praia: Moçambique falha apuramento para os Jogos Olímpicos

DESPORTO DESTAQUE

Ruiu o sonho do voleibol moçambicano estar representado nos próximos Jogos Olímpicos. No derradeiro da do Torneio de Qualificação para aquele que é considerado o maior evento desportivo do planeta, as duplas moçambicanas saíram derrotadas na final do diante do Marrocos, por sinal país anfitrião da última etapa africana de apuramento.

Em masculinos, final disputada na Praia de Agadir, a dupla (A) moçambicana, constituída por Adelvino Nuvunga e José Mondlane foi incapaz de travar o poderio dos marroquinos. O combinado nacional perdeu o primeiro set pelo resultado de 21 a 15.

No segundo set, Nuvunga e Mondlane conseguiram dar o ar da sua graça, tendo vencido por 21 a 18 e levado a partida para o derradeiro período. No terceiro set, o poderio dos anfitriões veio ao de cima.  O combinado nacional deu réplica, mas acabou perdendo pelo resultado de 15 a 10.

Na outra final que voltou a colocar frente a frente Moçambique e Marrocos, a dupla formada por Igor Martinho/Jorge Mondlane foi despachada pelos marroquinos pelos esclarecedores 2 a 0. No primeiro set o combinado nacional perdeu por 24 a 22 e por 20 a 18 no segundo.

Com os dois triunfos alcançados, o Marrocos vai ser, na modalidade de vôlei de praia, o único representante do continente africano nos Jogos Olímpicos. As duplas moçambicanas acabaram ficando com a medalha de prata desta competição e superaram várias adversidades, uma vez que foram para aquela competição depois de mais de um anos sem competições na perola do indico devido a pandemia da covid-19.

Em femininos, as duplas moçambicanas, compostas por Ana Paula Sinaportar/Mércia Mucheza e Jéssica Moiane/Vanessa Muinga terminaram o Torneio de Qualificação aos Jogos Olímpicos 2020 na modesta quinta posição, falhando o apuramento para o maior evento desportivo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *