Empresários da Beira oferecem material de higienização a diversas instituições

SOCIEDADE

A rápida propagação da variante Delta, detectada no país pela primeira vez em Tete e que tem estado a pressionar o sistema com um aumento significativo do número de casos e da taxa de ocupação de camas, deixou alarmados os empresários da Beira, principal corredor de ligação terrestre no Centro do país, que temem que aquela cidade seja a próxima. Por isso, no quadro da sua responsabilidade social acabam de oferecer material de higienização a diversas instituições públicas para o reforço das medidas de prevenção.

Mohamed Akkbar, mais conhecido por Papú, à frente da iniciativa, foi quem ofereceu 100 baldes com torneiras e 10 caixas de sabão ao conselho municipal da Beira e a mesma quantidade à sede provincial do partido Frelimo.

Na sua intervenção Papú reconheceu haver um total relaxamento no cumprimento das medidas em diversos locais, onde se tem registado aglomerados, como mercados informais, transportes, algumas instituições públicas e privadas.

“Pretendemos levar a cabo esta actividade em diversos locais tidos como focos de aglomerados nas cidades da Beira e Dondo, até que a situação da propagação da pandemia seja controlada”, assegurou.

Por sua vez, o presidente do Conselho Municipal, Albano Carige agradeceu o gesto e instou outros actores sociais para seguirem o exemplo para o bem estar dos munícipes.