Coca-Cola inclui familiares e amigos na vacinação dos seus colaboradores

e-Business SOCIEDADE

A Coca-Cola Moçambique está em processo de imunização dos seus colaboradores contra Covid-19, uma iniciativa que enquadra-se no âmbito do mecanismo do sector privado “Unidos pela Vacina Contra a Covid-19 (UNIVAX)”, que para além dos pouco mais de 890 colaboradores, abrange familiares e amigos destes.

Para imunizar todos os seus trabalhadores a nível nacional, a Coca-Cola Moçambique adquiriu 4500 vacinas da marca chinesa Veroselle. Cada um dos 890 colaboradores tem direito a incluir quatro membros da família e quatro amigos.

O lançamento da administração da primeira dose teve lugar esta Quinta-feira (8), numa cerimónia que teve lugar na sede Coca-Cola Moçambique, na Matola Gare, Província de Maputo.

O Administrador Delgado da Coca-Cola, Sérgio Fernandes foi o primeiro a vacinar seguido pelo o presidente do Conselho de Administração Benjamin Alfredo, segundo a empresa,  pautou por vacinar em primeiro os agentes da administração para motivar os seus colaboradores.

Na ocasião, o presidente do Conselho de Administração (PCA), Benjamim Alfredo instou aos trabalhadores a levarem a questão da pandemia muito a sério e apelou a todas entidades singulares tanto como colectivas no país a pautarem pelo mesmo gesto para que todos estejam imunizados contra a pandemia do novo Corona-vírus.

“É altura de nós seguirmos estas recomendações de saúde e a Coca-Cola está empenhada nisso. Nós temos esse comprometimento e vamos cumprir com os protocolos que são recomendados pelo governo”, assegurou.

Por seu turno, o administrador delgado, Sérgio Fernando recordou que a responsabilidade de se precaver contra o Covid-19 é uma tarefa de todos e assegurou que aquela multinacional vai trabalhar de forma conjunta com o Ministério da saúde para direccionar as vacinas para as três zonas do país com prontidão. Sérgio Fernando revelou que a empresa que delega já registou 89 casos num universo de 890 colaboradores desde o início da pandemia.

“Até hoje nas nossas fábricas só tivemos 89 casos desde o Março do ano passado”, disse e garantiu que tal deve-se ao cumprimento de todas as medidas de prevenção contra a pandemia, desde o uso de máscaras, regimes de rotatividades e uso de álcool e gel.

Refira-se que as vacinas são uma parte do lote de 500 mil doses que o governo recebeu na semana finda, no âmbito do mecanismo nacional “Unidos pela Vacina Contra a Covid-19 (UNIVAX)”, resultado da contribuição de mais de 316 parceiros privados, incluído a Coca-Cola, totalizando cerca de USD 140 mil. Prevê-se usar a mesma iniciativa para abranger 17 milhões em Moçambique.