Governo garante que estudantes do ensino superior terão computadores a partir de Novembro

DESTAQUE POLÍTICA SOCIEDADE

Uma boa nova para os estudantes do ensino superior em Moçambique! A partir de Dezembro do ano em curso, segundo adiantou o porta-voz do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alberto Tonela, os estudantes do ensino superior e técnico – profissional serão beneficiários da iniciativa “um estudante, um computador”.

O projecto foi lançado no ano passado com o intuito de fornecer tecnologias de informação e comunicação aos estudantes do ensino superior das várias instituições no país depois da entrada em vigor do ensino hibrido, por sinal uma solução adoptada pelo Executivo para contornar os efeitos da pandemia do novo coronavírus.

Tovela reconheceu a ausência de qualidade na iniciativa do Governo. Entretanto apoia-se na falta de experiência como uma das razões que contribuem para este predicado.

“A introdução do sistema híbrido não nos deu tempo para preparação. O professor não foi formado para este sistema; as instituições não tinham ainda condições tecnológicas para responder aos desafios; muito menos os estudantes estavam preparados para aprender por estas vias”, explicou o porta-voz do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Para os problemas que afligem o ensino superior e técnico profissional no presente, Alberto Tovela, garante que estão a ser levadas a cabo medidas com vista ao melhoramento.

“Estamos a investir na capacitação do corpo docente, sob ponto de vista de recursos tecnológicos e digitais; estamos a apostar no apetrechamento das instituições de ensino superior, através do Fundo de Desenvolvimento Institucional, mas também estamos a investir no próprio estudante, através da iniciativa um estudante, um computador”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *