EUA disponibilizam 40,5 milhões de dólares para melhorar saúde materna – infantil em Moçambique

DESTAQUE SOCIEDADE

A embaixada dos Estados Unidos de Américo (EUA) em Maputo lançou recentemente o projecto iniciativa de Planeamento Familiar Melhorado (USAID IFPI), que ambiciona melhorar a saúde materna e infantil em Moçambique e capacitar mulheres e casais a fazerem as suas próprias escolhas sobre a sua saúde reprodutiva. 

De acordo com o comunicado dos EUA, uma em cada 67 mulheres, em Moçambique, morre durante o parto, três vezes mais do que a média global. “Através da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), este projecto irá aumentar a qualidade e o acesso aos cuidados de saúde reprodutiva nas províncias de Nampula, Sofala e Zambézia”, lê-se no comunicado partilhado esta segunda-feira. Em parceria com sistemas de saúde nacionais, provinciais, distritais e comunitários, este projecto de cinco anos, no valor de 40,5 milhões de dólares, será implementado por um consórcio de organizações locais e internacionais liderado pela Pathfinder Internacional.

O comunicado explica que a elevada taxa de mortalidade materna, juntamente com outros problemas de saúde graves, tanto para as mães como para as crianças, é exacerbada pela falta de acesso aos serviços de saúde reprodutiva e planeamento familiar em Moçambique.

É neste sentido que a USAID IFPI irá formar profissionais de saúde comunitários para partilhar estes recursos e opções de cuidados de saúde com mulheres e casais e irá trabalhar com jovens adultos para dissipar mitos em torno do uso de anticonceptivos e outros componentes do planeamento familiar.  O objectivo final, através do IFPI e outros investimentos complementares da USAID, é consciencializar as jovens mulheres e homens e dar-lhes acesso aos recursos de que necessitam para terem famílias saudáveis e levarem vidas saudáveis.

Os programas de saúde representam uma componente essencial da assistência mais ampla do Governo dos Estados Unidos em Moçambique.  Em estreita colaboração com o Governo da República de Moçambique, o Governo dos E.U.A. disponibiliza mais de 500 milhões de dólares em assistência anual para melhorar a qualidade da educação e dos cuidados de saúde, promover a prosperidade económica, e apoiar o desenvolvimento global da nação.

A Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) lidera o desenvolvimento internacional do Governo dos Estados Unidos e a assistência em desastres através de parcerias e investimentos que salvam vidas, reduzem a pobreza, fortalecem a governação democrática, e ajudam as pessoas a sair de crises humanitárias.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *