Mocímboa da Praia passou de uma zona libertada para zona habitada

DESTAQUE POLÍTICA SOCIEDADE

A força conjunta, composta pelas Forças de Defesa e Segurança e pelos militares ruandeses, conseguiu recuperar a vila de Mocímboa da Praia das mãos de insurgentes. Depois de muitos meses quase deserta, a vila voltou a ser habitada nos últimos dias. Esta garantia foi dada pelo Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi no seu discurso alusivo ao Dia da Vitória.

A vila de Mocímboa da Praia está livre dos terroristas, entretanto, as duas forças estão de acordo com o que nós emitimos: nas condições em que a vila está, nós não podemos aconselhar as nossas populações a voltarem”, disse Valige Tauabo na primeira quinzena de Agosto.

Entretanto, no Dia da Vitória, 07 de Setembro, o Chefe de Estado tornou público que Mocímboa da Praia passou de uma zona libertada para zona habitada, dando fortes sinais de que o país caminha a passos galopantes de acabar com o terrorismo.

“A situação tende a melhorar a cada dia, o que leva a que alguma população esteja a regressar às suas zonas de origem. Contudo, aconselhamos a observarem recomendações das estruturas locais, que variam de zona para zona”, avançou Nyusi

Se por um lado, foi restabelecida a energia eléctrica e o abastecimento de água. Por outro lado, além estar a fazer um trabalho de limpeza, as Forças de Defesa e Segurança tem usado drones para vigiar cada perímetro daquele distrito.

Além de Mocímboa da Praia, Palma é outra vila que passou de zona libertada para zona habitada graças as ofensivas da força conjunta. A informação foi confirmada ao Evidências por várias fontes no local.

“Em Palma a vida está voltando ao normal a população que estava escondida nas matas está a voltar para a cidade. As pessoas voltaram escoltados pelos militares que estão a fazer um grande trabalho”, disse Ibrahim Ismael.

Por outro lado, Ismael adiantou que a força conjunta continua empenhada em ajudar a população que acaba de regressar as suas zonas de origem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *