SED convoca conferência imprensa para justificar-se pela interdição do ENZ

DESPORTO DESTAQUE

Depois de ter usado da sua varinha mágica para devolver a selecção nacional do basquetebol sênior feminino ao trilho do Afrobasket, a Secretaria do Estado do Desporto (SED) recebeu, na quarta-feira, 15 de Setembro, mais um atestado de incompetência. O Estádio Nacional Zimpeto, infraestrutura do Estado e gerido pelo próprio Estado, recebeu cartão vermelho por não reunir condições para receber jogos internacionais.  Para justificar-se aos moçambicanos sobre a gestão selvagem que impera no grosso das instituições do Estado, Carlos Gilberto Mendes convocou para esta quinta-feira, 16 de Setembro, uma conferência de imprensa relâmpago. Ainda não se sabe se vai assumir a culpa pela interdição ou tentar tapar o sol com a peneira como tem feito o grosso dos governantes da perola do indico.

Em agosto, a Confederação Africana de Futebol (CAF) aprovou o Estádio Nacional do Zimpeto (ENZ) para ser palco dos jogos de qualificação para o do Mundial-Qatar-2022 que seriam disputados em Setembro corrente. Entretanto, apesar da aprovação, os inspectores da CAF deixaram uma série de recomendações que seriam indispensáveis nas futuras avaliações.

Recentemente, os mandatários da CAF regressaram a capital moçambicana e observaram que as indicações que deixaram não foram cumpridas, tendo por isso vetado o Estádio Nacional do Zimpeto para os jogos internacionais.

Na avaliação que antecedeu o jogo da ronda inaugural do grupo D de qualificação para o Campeonato do Mundo que será disputado no próximo ano, o Estádio Nacional do Zimpeto não reunia todas as condições exigidas pela CAF. Porém, as autoridades moçambicanas garantiram aos inspectores da instituição que chancela o futebol ao nível do continente africano que o ENZ estava num processo de renovação.

Aliás, os gestores da nova catedral do futebol moçambicano garantiram a CAF que estavam no processo de aquisição de todos os equipamentos necessários para o melhoramento do relvado, torniquetes, perímetro externo do estádio e instalações sanitárias para o público.

Para explicar aos moçambicanos sobre os contornos da interdição do Estádio Nacional de Zimpeto, o Secretario do Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes, vai se pronunciar na tarde desta quinta-feira, 16 de Setembro.

Refira-se que, no ano passado, Mendes declarou que os problemas pela CAF tinham dias contados. Entretanto, a maior infraestrutura desportiva do país aguarda por obras de renovação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *