Depois de Marrocos, Mambas vão ser anfitriões no Benin

DESPORTO DESTAQUE

Na sequência da interdição do Estado Nacional de Zimpeto (ENZ) devido ao mau estado do relvado, a selecção nacional de futebol, sobejamente conhecida por Mambas, viu-se obrigada a viajar para Marrocos onde recebeu a sua congênere do Camarões em partida da quarta jornada do grupo D de qualificação para o Campeonato do Mundo Qatar2022. No presente, o ENZ encontra-se em obras e não estará disponível até 14 de Novembro, data em que Moçambique recebe o Malawi. Para receber o combinado nacional do Malawi, depois de Marrocos, a Federação Moçambicana de Futebol escolheu Benin para os Mambas jogarem na condição de visitados.

Moçambique está completamente arredado da luta por um lugar na próxima fase da qualificação para o Mundial e vai jogar as últimas duas jornadas apenas para cumprir calendário. Tudo indicava que Marrocos voltaria a ser a casa dos Mambas do duelo  que terão como rival o Malawi, contudo, a Federação Moçambicana de Futebol decidiu abraçar o nomadismo e mudou-se para Benin.

“Confirmo a nossa intenção de querer realizar o jogo no Benin. Entendemos que vamos minimizar os custos da viagem por um lado e assegurar o mínimo desgaste aos atletas, por outro lado. Portanto, entendemos que faz todo sentido jogar com a Costa do Marfim primeiro e permanecermos na mesma cidade e hotel até a realização do segundo jogo com o Malawi”, explicou Feizal Sidat

Refira-se que ao cabo de quatro jornadas, Moçambique ocupa a última posição do grupo D com apenas um ponto, enquanto a Costa do Marfim encontra-se na liderança com 10 pontos, por sinal mais um que o segundo classificado Camarões.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *