Mais de 180 mil famílias estão em situação de vulnerabilidade extrema devido ao terrorismo em Cabo Delgado

DESTAQUE POLÍTICA SOCIEDADE

Cerca de 183.769 famílias, correspondendo a 865.271 pessoas, das quais 865.545 são provenientes de Cabo Delgado, estão na condição de vulnerabilidade extrema em Moçambique devido ao terrorismo.  Na zona centro do país registam-se cerca de 8.726 deslocados resultantes das acções terroristas da autoproclamada Junta Militar da Renamo. Do total dos deslocados, 417.519 são crianças.

O governo com o apoio dos parceiros de Cooperação, sociedade civil, sector privado e outros movimentos de solidariedade presta assistência multiforme a famílias vulneráveis que vai desde a provisão de material e equipamento de abrigo, alimentos e bens não alimentares, assistência social, serviços básicos nas áreas de educação, saúde e meios de trabalho, para o desenvolvimento de actividades de autossustento no domínio agrícola e de fomento pecuário de pequena escala, disse Nhelety Mondlane, Ministra do Género Criança e Acção Social na Sessão de Informações do Governo no Parlamento.

“Foram acolhidas 52.236 pessoas nos centros de acomodação nas províncias de Cabo Delgado, Niassa, Nampula e Manica.715.675 pessoas foram integradas em casas de familiares ou conhecidos e outros vivem em casas de arrendamento. Foram reassentadas 97.360 pessoas nas províncias de Cabo Delgado (89.274), Niassa (316), Nampula (3.773), Zambézia (569), Sofala (3.376), Inhambane (52). E foram demarcados 24.654 talhões para habitação nas províncias de Cabo Delgado, Niassa, Nampula, Zambézia, Sofala, Manica, e Inhambane”, relatou a ministra.

As intervenções do governo visam assegurar o apoio social, através do reforço e resiliência dos agregados familiares em situação de pobreza e vulnerabilidade, através de transferência sociais e monetárias de modo a proporcionar a integração das camadas sociais vulneráveis e melhorar a qualidade de suas vidas.

  Neila Sitoe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *