PAM garante assistência alimentar aos deslocados até Maio de 2021

DESTAQUE SOCIEDADE

De acordo com o Programa Mundial da Alimentação (PAM), devido a insurgência na província de Cabo Delgado, perto de um milhão de pessoas necessitam da ajuda alimentar até Maio de 2021.

“As necessidades de assistência alimentar humanitária provavelmente permanecerão altas pelo menos até a colheita em Maio de 2022. Mais de 930.000 deslocados internos e famílias anfitriãs em Cabo Delgado, Niassa e Nampula irão provavelmente necessitar de assistência alimentar humanitária”, refere o relatório do PAM

O Programa Mundial da Alimentação reconhece as suas limitações financeiras para dar assistência aos deslocados na província de Cabo Delgado. Entretanto, assegura que vai continuar a fornecer rações semestrais equivalentes a 39 por cento das quilocalorias diárias.

Ainda de acordo com o PAM, A situação em Cabo Delgado é a mais preocupante nas previsões de segurança alimentar para os próximos meses. Aquela organização das Nações Unidas considera, por outro lado, que há regiões que enfrentam riscos mínimos, que podem, no entanto, estar ameaçados pela época chuvosa.

Refira que, segundo a ACLED, a insurgência armada causou mais de 3.100 mortes e mais de 817.000 pessoas deslocadas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *