Preparativos do I Congresso: Nova Democracia junta 150 delegados de todo país em Comité Executivo Nacional

DESTAQUE POLÍTICA

A Direcção Política da Nova Democracia, partido que tem estado a introduzir uma nova forma de estar no panorama político nacional, anunciou, este sábado, a realização, a 17 e 18 de Dezembro próximo, da segunda sessão do Comité Executivo Nacional alargada à outros quadros, no âmbito dos preparativos do I Congresso a ter lugar em Agosto de 2022 em Nampula.

Trata-se de uma sessão, que contará com a participação de 150 quadros oriundos das 11 províncias do país e terá lugar na Vila de Moamba, na província de Maputo.

No decurso da sessão, o partido Nova Democracia, fundado em Junho de 2019, vai analisar diversos pontos, dentre os quais a situação política, económica e social do país; a situação do partido e a sua implantação ao nível de todas províncias, distritos e municípios do país.

Igualmente, aquele que foi o quarto partido mais votado nas últimas eleições legislativas vai discutir e aprovar as teses do Congresso; definir o número de delegados ao II Congresso e as quotas de participação de cada província, bem como servir de espaço para capacitação e partilha de experiências entre os Quadros e Militantes da ND.

“Esta sessão constitui um empolgante exercício político para a construção de uma política de progresso social, de garantia e efectivação de Direitos e de luta pela afirmação de Moçambique como Nação inclusiva e soberana. É a partir deste momento que a Nova Democracia reforça a sua coesão, identidade e influência enquanto Movimento encarnador dos mais altos interesses populares e repositório de uma luta insubstituível. Convocamos a mobilização geral dos militantes da liberdade para levarmos a esperança a todos moçambicanos na certeza de que é Tempo de Vencer”, lê-se em nota do partido liderado por Salomão Muchanga.

De referir que o primeiro e histórico Congresso da Nova Democracia vai ter lugar entre 11 e 12 de Agosto de 2022, na Província de Nampula, no qual, entre várias acções, serão eleitos os órgãos sociais e os candidatos eleitorais deste partido político, para as eleições gerais de 2024 e autárquicas de 2023.

Aquando do anúncio da primeiro Congresso, em Abril último, o partido garantiu que, tal como o havia feito nas listas que se apresentaram para as eleições legislativas e provinciais de 2019, vai privilegiar a paridade do género no seu conclave e 80 porcento dos delegados idos de todo o país serão jovens com idade abaixo dos 35 anos.

Embora novo no panorama político nacional, o partido Nova Democracia tem como órgãos sociais de governação, o Congresso, o Comité Executivo, a Comissão Política, a Presidência e o Grupo Parlamentar. Igualmente, possui o Secretariado, o Gabinete de Estudos Estratégicos, o Movimento das Mulheres e a Escola de Preparação de Adolescentes e Jovens que são braços da acção política de base.