Clubes querem Moçambola-2022 com 14 equipas

DESPORTO DESTAQUE

Reunidos na VI Assembleia Extraordinária da Liga Moçambicana de Futebol, os clubes que participaram no Campeonato Nacional de Futebol da época finda, vulgarmente conhecido por Moçambola, decidiram que na próxima época o certame será disputado por 14 equipas. Com esta decisão, fica praticamente a ideia da Federação Moçambicana de Futebol de organizar a “Liguilha”, provar que ia definir qual dos três clubes despromovidos ficava no convívio dos grandes do futebol nacional.

Naquela reunião realizada na capital moçambicana, os 14 clubes que fizeram parte do Moçambola discordaram com a decisão da entidade que chancela o futebol no país de reduzir de 14 para 12 as equipas que disputariam a prova máxima do futebol nacional da próxima época.

Para o vice-presidente do Grupo Desportivo de Maputo, por sinal um dos dois clubes que boicotaram a “Liguilha” que seria disputada em Vilankulo, reiterou que não é competência da Federação Moçambicana de Futebol definir o número de equipas que vão disputar o Moçambola.

Por seu turno, João Figueiredo, presidente do Incomáti de Xinavane, lembrou que a decisão da FMF foi reprovada pelos clubes durante a Assembleia-Geral da Liga Moçambicana de Futebol de 2019.

A decisão dos clubes foi vincada pelo presidente da Mesa da Assembleia Geral da Liga Moçambicana de Futebol, Moisés Mabunda, que reiterou que a decisão sobre o número das equipas que vão participar é exclusivamente da LMF.

“a decisão que vincou foi a tomada em 2019 e nada mudou, porque a única instância que deve decidir pela redução ou aumento do número de equipas que disputam o Campeonato Nacional é a Liga Moçambicana de Futebol e não a Federação Moçambicana de Futebol”, sentenciou Mabunda

Face a decisão dos clubes, a Federação Moçambicana deve nos próximos se pronunciar sobre as equipas que vão ascender ao principal escalão do futebol nacional, enquanto as formações do Desportivo de Maputo, Textáfrica de Chimoio e Matchedje de Mocuba aguardam por uma possível repescagem.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *