Site icon

INCM cria departamento para controlar a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel

A qualidade dos serviços prestados pelas três operadoras de telefonia móvel que operam no país tem criado uma onda de indignação no seio dos moçambicanos. Visando trazer soluções as recorrentes queixas dos clientes, O Instituto Nacional das Comunicações (INCM) tornou público que vai abrir um departamento para aferir a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras de telefonia móvel.

Em Setembro, reunido na 31ª Sessão, Conselho de Ministros, tomou a decisão de terminar o ciclo de Américo Muchanga no cargo de PCA do Instituto Nacional de Comunicação de Moçambique ao cabo de dois anos, ou seja, três anos antes de terminar o mandato, tendo nomeado para o seu lugar Tuaha Mote, que exercia a função de Director Geral na mesma instituição.

Volvidos três meses depois da nomeação de Mote, começaram a soprar os ventos da mudança. Na quinta-feira, 30 de Dezembro, o Presidente do Conselho de Administração do Instituto de Comunicação de Moçambique avançou que aquela instituição pública está aberta a receber reclamações sobre a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras e adiantou que será criado um departamento especifico para o efeito.

“Neste departamento, será desenvolvido um portal do cidadão que terá capacidade de receber reclamações, usando várias plataformas, desde o WhatsApp, Instagram, Facebook, E-mail e a equipa estará preparada para receber todo o tipo de reclamação, usando vários media e nós poderemos responder”, explicou Tuaha Mote para depois acrescentar que haverá um carro que vai testar a qualidade dos serviços prestados pelas operadoras.

“Temos celulares a bordo de uma viatura que circula a uma velocidade máxima de 20 km/h, simulando um peão; transmite dado, voz, SMS para ver e sentir a mesma experiência que um cidadão sente quando está a usar o serviço de telefonia móvel celular”.

Refira-se depois de receber as reclamações dos clientes, Instituto Nacional de Comunicação de Moçambique vai sensibilizar as operadoras de telefonia móvel para melhorarem os seus serviços e em caso de incumprimento serão aplicadas sanções.

Exit mobile version