Silva Livone é o novo secretário-geral da OJM

DESTAQUE POLÍTICA

A Organização da Juventude Moçambicana (OJM), braço juvenil da Frelimo, acaba de eleger o jovem Silva Livone, natural da província da Zambézia, ao cargo de secretário-geral, em substituição de Anchia Talapa.

Numa eleição a dois bastante concorrida, Silva Livone, até quinta-feira um outsider,  venceu com 60 porcento dos votos, contra 40 porcento do seu opositor, de nome Gemésio Cândido, oriundo de Cabo Delgado, que até a última hora era dado como fauna acompanhante e se esperava que retirasse a candidatura.

Na verdade, nenhum dos dois que foram à disputa final estava entre os candidatos que manifestaram vontade de concorrer. Acabou prevalecendo a salada de interesses de alas e tudo mudou na quinta-feira durante a reunião do Comité Central.  Nomes como Endro Nhavene, Gudson, Guiló Ndove e  Mariana Cupene acabaram caindo por terra.

Conheça o “filme” todo na edição impressa do Jornal Evidências que vai às bancas na próxima terça-feira