USAID dá mais de $10 milhões para melhoraria da governação em três províncias moçambicanas.

DESTAQUE ECONOMIA

O povo americano, representado pela a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID), vai dar nos próximos dias, mais dinheiro para melhorar a governação nas províncias de Cabo Delgado, concretamente nos distritos atingidos pelos ataques terroristas, Nampula e Zambézia.

São 10,5 milhões de dólares norte-americanos, que deverão servir para formação de funcionários e agentes do estado, restabelecimento do sistema administrativo de governação, e melhoria dos serviços financeiros e capacitação institucional, atividades a serem lavados à cabo, através de um programa de fortalecimento da governação local denominado LOGOS, cuja primeira fase já na fase de conclusão.

A Directora Adjunta da USAID para África, Maria Detherage, que anunciou em Pemba, a disponibilização dos fundos na sua recente visita à Cabo Delgado, considerou ser importante para o governo norte-americano o fortalecimento da governação em Cabo Delgado, especialmente nos distritos afectados pelo terrorismo, bem como a melhoria de prestação de serviços de arrecadação de receitas e planificação nas províncias de Nampula e Zambézia, destacados como dos mais  populosos no país.

Além de Moçambique, Madagáscar, Malawi, África do Sul, Zâmbia, Namíbia, Lesoto, Eswatini, Angola, Botswana, Comores e Angola, são outros países africanos que a directora adjunta da USAID para África, escolou em trabalhos de supervisão das actividades implementadas por aquele ONG internacional.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *