Site icon

Muchanga desmascara deputado que disse que “a vitória da Frelimo depende dos presidentes das mesas”

Na sua intervenção no segundo dia da sessão de insistência das perguntas ao Governo na Assembleia da República, o deputado da Frelimo, Alves Zitha, declarou que o seu partiu do venceu as VI Eleições Autárquicas nas urnas. No contra – ataque, em representação da Renamo, Antônio Muchanga apelou ao deputado do partido do no poder para ser consequente, visto que nas vésperas das eleições o mesmo disse, durante uma reunião dos “camaradas”, que a vitória da Frelimo nas eleições autárquicas dependia exclusivamente dos presidentes de mesa da assembleia de voto.

Tratava-se do segundo dia da sessão das perguntas ao Governo na Assembleia da República, mas os resultados homologados, recentemente, pelo Conselho Constitucional dominaram o debate.

Na qualidade de deputado da bancada parlamentar da Frelimo, Alves Zitha disse, em viva voz, que o triunfo do seu partido nas VI Eleições Autárquicas foi alcançado nas urnas, tendo na ocasião referido que “a Frelimo é um partido organizado e democrático, portanto, respeita os princípios democráticos”, visto que, “nas autarquias onde ganhou festejou a vitória e onde não ganhou reconheceu a derrota” o que, ao seu ver, podia ser um exemplo a ser seguido por outros partidos políticos.

Antônio Muchanga, proeminente deputado da Renamo, não quis perder a oportunidade de responder à letra a provocação deixada por Zitha, tendo lembrado ao mesmo que a vitória da Frelimo não foi reflexo da vontade do povo através das urnas, mas sim das manobras dos presidentes das mesas da assembleia de voto tal como adiantou numa reunião do partido nas vésperas das eleições.

“O senhor está aqui gravado a apelar que a vitória da Frelimo depende dos presidentes de mesa. Agora vitória da Frelimo dependeu de qual povo? O senhor seja consequente, a vossa vitória dependeu dos presidentes das mesas, das Comissões Distritais de Eleições e do Conselho Constitucional, mais nada”, contra- atacou Muchanga para depois referir que a Frelimo está a violar e engravidar o povo pelo facto de não reconhecer a vontade do mesmo.

Vide o referido vídeo

https://evidencias.co.mz/wp-content/uploads/2023/11/Zitha.mp4
Exit mobile version