Voluntários do Corpo da Paz regressam à Moçambique em 2024

DESTAQUE POLÍTICA SOCIEDADE

Os Voluntários do Corpo da Paz, uma agência independente do poder executivo do governo dos Estados Unidos da América (EUA), vão, em 2024, regressar à Moçambique fruto do memorando de entendimento assinado pela Directora Nacional do Corpo da Paz em Moçambique, Lisa Heintz, e a Secretária Permanente de Estado da Juventude e Emprego (SEJE), Ivete Alane.

O Embaixador dos EUA em Moçambique, Peter H. Vrooman, e o Secretário de Estado da Juventude e Emprego, Oswaldo Petersburgo, presenciaram a assinatura do acordo que demonstra a parceria e o compromisso contínuo entre os Estados Unidos e Moçambique à medida que os Voluntários são recebidos de volta para promover a missão de paz e amizade.

Vrooman referiu que o Memorando de Entendimento entre o Corpo da Paz e o SEJE demonstra a visão partilhada de apoiar e capacitar os jovens em Moçambique na educação, saúde, ambiente, empreendedorismo, cultura, tecnologias de informação, desporto e outras.

“Graças aos esforços do pessoal do Corpo da Paz e dos defensores deste programa do governo de Moçambique, como o Secretario de Estado Petersburgo, os voluntários estão a regressar”, disse o Embaixador dos EUA em Moçambique, Peter H. Vrooman, durante a cerimónia da assinatura do Memorando de Entendimento em Maputo”.

Refira-se que o Corpo da Paz trabalha em Moçambique a convite do governo moçambicano, e os voluntários voltarão a envolver-se nas comunidades moçambicanas em colaboração com o SEJE, o MISAU e o MINEDH, sendo que como membros activos da comunidade, os Voluntários do Corpo da Paz contribuirão para iniciativas relacionadas com o ensino vocacional para jovens, o ensino do inglês, o tratamento e a prevenção do HIV e a prevenção e erradicação da malária.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *