Igreja Anglicana revela que Dom Matsinhe será Bispo reformado a partir de Julho

DESTAQUE POLÍTICA SOCIEDADE

Dom Carlos Simão Matsinhe está a gozar os últimos dias como Bispo da Diocese dos Libombos e líder da Igreja Anglicana de Moçambique e Angola (IAMA). Aquela congregação religiosa revelou que o actual presidente da Comissão de Eleições (CNE) passa a ostentar o estatuto de reformado a partir do dia 14 de Julho do corrente ano.

Em Novembro de 2023, os bispos da Igreja Anglicana em Moçambique e Angola (IAMA) convocaram uma reunião da Comissão Permanente da 23ª Sessão do Sínodo Diocesano para discutir a resignação imediata de Dom Carlos Matsinhe. Contudo, a reunião foi adiada para uma data ainda por anunciar.

Através do comunicado que o Evidências teve acesso, a IAMA revelou que marcou para o dia 14 de Julho do corrente ano o evento que, por sinal, marcará o fim da liderança eclesiástica de Dom Carlos Matsinhe.

“Assim sendo, está marcado para o dia 14 de julho de 2024 a celebração de uma Missa de Acção de Graças a Deus, pelos 45 anos do ministério ordenado ao serviço de Deus, acto público que assinalará o fim do exercício das funções de liderança eclesiástica do referido prelado”, lê-se no comunicado dos os bispos da Igreja Anglicana em Moçambique e Angola (IAMA).

No mês documento, aquela congregação religiosa clarifica que o “homem de Deus à política” vai, finalmente, para a reforma.

“Servimo-nos deste meio para vos comunicar que Dom Carlos Simão Matsinhe, actual Bispo da Diocese dos Libombos e Primaz da Igreja Anglicana de Moçambique e Angola (IAMA), irá, em breve, nos termos legais, reformar”.

Refira-se que IAMA aponta, por outro lado, “o local e a hora da referida celebração, serão anunciados oportunamente”.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *