Celebrando o Primeiro Aniversário da Mentoria THC: Democratizando a Educação Digital

SOCIEDADE

No dia 11 de Junho em curso o auditório do BCI em Maputo será palco de um evento exclusivo e especial, destinado a mentorados e convidados de destaque. Entre as presenças confirmadas estão figuras proeminentes como o Dr. Edson Macuacua e o Dr. Mário Sitoe, que se juntarão à celebração do primeiro aniversário da Mentoria THC (Talentos e Habilidades Comercializáveis).

Este evento, que ocorrerá das 15h às 17h, tem como principal objetivo reconhecer e premiar os esforços dos alunos da mentoria, entregando certificados e distintivos a 40 especialistas que se destacaram ao longo do último ano. A Mentoria THC, conhecida por sua missão de “Democratizar a educação usando o Digital”, tem se consolidado como um marco na formação e capacitação de jovens talentos em Moçambique.

A iniciativa de organizar este evento surgiu em resposta ao aumento significativo de adesões nas novas turmas e aos resultados expressivos alcançados pelos alunos. Em um momento em que o digital é frequentemente associado ao entretenimento, a Mentoria THC propõe uma abordagem transformadora, capacitando seus mentorados a compartilhar e comercializar seus conhecimentos através das plataformas digitais, ampliando o acesso à educação de qualidade.

Conversamos com Ayaz Hassam, fundador da Academia CBD e criador da Mentoria THC, que nos deu uma visão inspiradora sobre esta jornada. Ayaz, nascido em 22 de janeiro de 1990, é licenciado em Ciências da Comunicação e um empreendedor moçambicano reconhecido por sua mente criativa e curiosa. Ele é o fundador da Illuminati Studios e da agência Spiq, uma produtora audiovisual e uma agência de marketing, respectivamente.

“A ideia de democratizar a educação digital veio da minha própria trajetória de transformar paixão em negócios prósperos”, explica Ayaz. “Através das redes sociais e dos treinamentos, tenho visto o poder que o conhecimento e a capacitação podem ter na vida dos jovens. A Mentoria THC nasceu da vontade de replicar isso em uma escala maior, preparando nossos mentorados para não apenas aprenderem, mas também para ensinarem e comercializarem seus conhecimentos.”

Ayaz destaca que a mentoria não se limita à sala de aula digital. “Queremos quebrar as barreiras tradicionais da educação e mostrar que, com as ferramentas certas, qualquer um pode transformar seu talento em uma habilidade comercializável. Estamos comprometidos em continuar essa missão anualmente, celebrando cada passo adiante com nossos alunos.”

A expectativa para o evento é alta, e Ayaz promete uma tarde repleta de inspiração e reconhecimento. “Este é apenas o começo. Estamos moldando o futuro da educação em Moçambique, e é uma honra fazer parte dessa transformação.”

À medida que o evento se aproxima, a cidade de Maputo se prepara para celebrar não apenas um ano de conquistas, mas o potencial ilimitado que surge quando se democratiza a educação através do digital.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *