Um outro erro de cálculo

A propósito da reunião, semana passada, do Presidente da Renamo, Ossufo Momade, com os 16 partidos extraparlamentares, há algumas notas de relevo para ilustrar que apesar da nobreza da intenção, a estratégia foi mal concebida, o que reduz para zero as chances do sucesso, contribuindo, mais uma vez, para percepção de uma oposição ao serviço […]

Continue Reading

C. Langa e Samito: Dois pesos e duas medidas

Nos últimos oito anos da presidência de Filipe Nyusi na Frelimo, alguns nomes sonantes dentro do partido negaram acovardar-se e esgrimiram-se quando sentiram que parte dos seus direitos como militantes estava a ser beliscado. Na lista destaca-se Samito, o maior “rebelde” da Frelimo sob o consulado de Filipe Nyusi. Sua afronta ao partido foi documentada […]

Continue Reading

Uma nova abordagem no combate ao terrorismo

O governo despertou e percebeu que não se combate o terrorismo com armas, mas que a combinação de esforços nas várias frentes e o envolvimento de outras instituições eram necessários.   Deve ser daí que decidiu ir com tudo no controlo de dinheiro que circula fora do sistema formal, uma batalha que, apesar de perdida, […]

Continue Reading

PAE: mais um alívio pesado e, oxalá, não fraudulento

O Governo preparou os moçambicanos para que estivessem atentos às “medidas de gestão” que iriam “conter o custo de vida no país”, precipitado por vários factores, no qual se destaca, segundo consta do referido plano do Governo, as dívidas ocultas (que ainda vão nos assombrar) e depois seguem “outros factores”. Estes outros, na descrição do […]

Continue Reading

É indispensável dar forma à uma nova moçambicanidade

No ano em que o país completa 47 anos de independência se vislumbra para o futuro um cenário sombrio e incerto. O esgotamento da Frelimo, o vazio da oposição, o escangalhamento da educação e ascendência de grupos criminosos nos sectores-chave do Estado sugerem o Moçambique dos próximos dez anos. Em 47 anos tornou-se inquestionável a […]

Continue Reading

Medidas populistas vão aumentar corrupção nas estradas

As estradas, principalmente no troço de Maluana à cruzamento de Xinavane, no distrito da Manhiça, onde os curandeiros fracassaram, estão a ceifar vidas. Esta segunda-feira, houve, na Manhiça, mais um acidente, apenas alguns dias depois de o Governo ter anunciado um novo normal nas estradas. Porque não era mais possível fazer vista grossa ao sangue […]

Continue Reading

Não há como escapar da criminalidade do Estado

A má reputação na administração pública está sendo normalizada e por isso está cada vez mais a encontrar terreno fértil para se reproduzir, o que denuncia que o comportamento das autoridades públicas está longe de se basear em princípios éticos, e isto ocorre devido a falta de preparo dos funcionários, cultura equivocada e, especialmente, por […]

Continue Reading

Finalmente, sacrifica-se a incompetência e encobre-se a negligência

Caiu o ministro de transportes e comunicações, e em tabela foi-se também a vice-ministra, Manuela Ribeiro, vítima do mau chefe. É, enfim, a queda do ministro mais incompetente do Governo de Nyusi, que não deixou legado nos dois anos e seis meses que esteve à frente dos transportes e comunicações. Em alguns sectores aventam-se a […]

Continue Reading