Bernadino Rafael garante que Governo está a envidar esforços para a paz na zona centro

POLÍTICA SOCIEDADE

O Comandante Geral da Policia da Republica de Moçambique declarou que estão em curso operações com vista a neutralização do líder da Junta Militar da Renamo e seus homes para devolver a paz ao centro do país.

André Matsaissa veio ao público pedir amnistia aos homens que ainda se encontram nas matas em nome da Junta Militar, mas este facto foi desmentido por Nhongo. O líder da Junta continua firme nas suas reivindicações, mas, segundo Bernadino Rafael, tudo está ser feito para devolver a paz na zona centro. “Estamos a fazer um trabalho no centro para devolver a ordem e tranquilidade públicas”, disse Rafael.

Sem definir prazos, mas com progressos, o Comandante da PRM declarou que as operações para neutralização do líder daquele grupo, Mariano Nhongo, continuam. “Uma guerra não se acaba com prazos, portanto, deixemos as forças de defesa e segurança trabalharem. Tudo está a ser feito para repor a paz e segurança na região”.

Por seu turno, o Presidente da República, Filipe Nyusi, desafiou os novos graduados da Academia de Ciências Policiais a aplicarem os seus conhecimentos na busca de respostas científicas no combate aos grupos armados no centro e no norte do país.

“Cada um de vocês deve ser um ator ativo no estudo dos fenómenos sociais que colocam em causa a nossa soberania”.

Nyusi observa ainda que a eficácia dos resultados nas operações para repor a paz no centro e norte de Moçambique passa por uma abordagem científica e, para que se alcance este objetivo, a formação é fundamental.

“Vocês estão autorizados a saberem porque é que há terrorismo no norte e porque é que grupos armados têm protagonizado ataques contra populações no centro de Moçambique. Vocês têm a ferramenta científica para fazer esta análise”, frisou o chefe de

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *