Site icon

Cowork Lab lança projecto de incubação para PMEˋs Moçambicanas

A Cowork lab uma rede de espaços para empreendedores, trabalhadores independentes, em parceria com o Erasmus Centre for Entrepreneurship, Unknown Group e a UnISCED lançou, no dia 01 de Julho corrente, o projecto DjampaStartup Hub através de uma iniciativa Co-financiada pela União Europeia no quadro da assistência financeira para a poio as aceleradoras de negócio e a inclusão social em Moçambique. Trata-se de uma iniciativa de incubação e aceleração de micro, pequenas e médias empresas moçambicanas que pretende igualmente contribuir para o desenvolvimento económico inclusivo e sustentável do país através da criação de empregos e negócios no sector privado.

O projecto DjampaStartup Hub, orçado em 830 mil euros, dos quais 750 desembolsados pela União Europeia e os restantes 80 mil euros pela Cowork Lab, vai auxiliar os jovens moçambicanos a adquirirem conhecimento e ferramentas para que possam ter uma carreira empreendedora de sucesso com foco para as áreas tecnológicas e digitalização.

“O nosso apoio no desenvolvimento do programa de aceleração e na formação da equipa do projecto ajudará todos os envolvidos na melhoria dos seus conhecimentos em empreendedorismos, resultando num maior acesso do ecossistema de empreendedorismo moçambicano a estas competências”, disse Jip Dresia, representante da Erasmus Centre for Entrepreneurship.

O projecto será desenvolvido ao longo dos próximos tês ano em todo território nacional, contemplando uma Plataforma de e-learning bem como uma rede de 10 centros de incubação em todas as províncias para que a iniciativa possa chegar a jovens de todo o país.

Com o apoio da união Europeia e aUnISCED, o projecto Djampa irá estar presente em todas as províncias do país, permitindo mais jovens tenham acesso à nossa Plataforma de cursos Online e a mentores qualificados, que estarão qualificados, que estarão preparados para prestar apoio a estes empreendedores” – referiu Pedro Ferreira, Director Geral da CoWork Lab.

Ferreira Referiu ainda que “este é o primeiro projecto nacional que tem abrangência nacional a nível de ter centros físicos de incubação, nos quais os empreendedores poderão se dirigir e encontrar pessoas formadas pela nossa equipe, nós tivemos uma formação por parte do nosso parceiro Holandês, o ECE que esteve a dar uma formação na incubadora a estas pessoas que vão estar nos centros de incubação que vão estar preparados para auxiliar a outros empreendedores’’.

Por sua vez, Isidro Manuel, na qualidade de reitor de UniSCED declarou que o projecto estará fisicamente de Rovuma ao Maputo e do Zumbo ao Indico, uma vez que UniSCED tem delegações em todas as províncias.

“É um projecto em que teremos a incubação de micro, media e pequenas empresas, portanto esperamos que daqui a três anos este projecto se alastre por todo sitio, neste momento a UnISCED consegue dar fisicamente uma amplitude nacional a este projecto, porque a Unisced esta situada em todas as províncias de moçambique, fisicamente e aí, este projecto terá fisicamente o seu lugar também, por isso esperamos bons resultados’’.

 

Exit mobile version