Última hora: Ordem dos Advogados requer audição de Filipe Nyusi na BO

DESTAQUE POLÍTICA

O assistente do Ministério Público no julgamento das dívidas ocultas, a Ordem dos Advogados de Moçambique acaba de requerer ao tribunal para que o antigo ministro da Defesa Nacional e actual Presidente da República, Filipe Nyusi seja ouvido em sede da audição em curso na Cadeia de Máxima Segurança vulgo BO.

Para além de Filipe Nyusi, a Ordem dos Advogados de Moçambique exige que seja ouvido também o antigo vice-Comandante Geral da Polícia da República de Moçambique, Jaime Basílio Monteiro que também participou de algumas reuniões que culminaram com a aprovação da Proíndicus.

Entende a Ordem dos Advogados que Filipe Nyusi é o único declarante ouvido pela Procuradoria Geral da República no âmbito da instrução preparatória que não consta do rol dos declarantes que serão ouvidos na tenda da BO, para confirmar as suas declarações.

Como tem sido seu apanágio, o juiz Efigénio Baptista, muitas vezes acusado de estar a proteger dirigentes políticos, em particular o Presidente da República, que tem sido citado desde o início do julgamento, está neste momento nerg«voso e a devagar. Dentro de instantes poderá dar o seu despacho que se espera desfavorável.

Em actualização