Exibição de monstruosa de Renildo na qualificação do Atlético de Madrid para os “quartos”

DESPORTO DESTAQUE

O Atlético de Madrid carimbou na noite de terça- feira, 15 de Março o passaporte para os quartos – de – final da Liga dos Campeões Europeus depois de vencer, em pleno teatro dos sonhos, o Manchester United pela margem mínima. O internacional moçambicano, Reinildo Mandava, esteve em grande plano e voltou a meter Cristiano Ronaldo, o melhor marcador de todos os tempos, no bolso.

Cristiano Ronaldo e Manchester United vinham para o duelo com o campeão espanhol motivados  pelo triunfo conseguido no último fim-de-semana frente ao Tottenham. Aliás, naquela partida, ao assinar um hat-trick, tornou-se no melhor marcador de todos os tempos em jogos oficiais. Entretanto, encontraram pela frente um Atlético de Madrid que mostrou, mais uma vez, que o favoritismo não ganha jogos.

Os Red devils dominaram em termos de posse na primeira metade do jogo, mas viram o Atlético de Madrid a se adiantar no marcador à passagem do minuto 41 por intermédio de Renan Lodi que aproveitou um cruzamento, com cota, peso e medida, de Griezmann para cabecear para o fundo das redes de De Gea.

Em desvantagem, o United entrou disposto a mudar o rumo da partida na segunda parte. Contudo encontrou pela frente um rival que trancou as portas da sua baliza a sete chaves. Reinildo Mandava foi um dos destaque da turma de Diego Simeone, o moçambicana “Mandava” e comandava no lado esquerdo da defesa do Atlético, que o diga Cristiano Ronaldo que perdeu quase todos os duelos com o menino de Chiveve.

Com a passagem do Colchoneros para a fase que antecede as meias – finais, Reinildo Mandava  tornar-se-á no primeiro jogador moçambicano a disputar os quartos – de – final da Liga dos Campeões do velho continente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.