Mundial de Boxe: Gramane e Panguana carimbam passaporte para as meias-finais

DESPORTO DESTAQUE

O dia 16 de Maio de 22 ficará para sempre registado na história do desporto moçambicano, uma vez que foi neste dia que Alcinda Panguana e Rady Gramane qualificaram-se para as meias – finais do Campeonato Mundial de Boxe que decorre na Turquia, tendo garantido desde já a conquista da inédita medalha de bronze.

Depois da excelente performance no Africano da Zona VI, Rady Gramane e Alcinda Gramane voltaram a exibir o seu valioso perfume no Campeonato Mundial de Boxe, tendo garantido uma vaga na fase que antecede a final.

No combate dos quartos – de – final, na categoria do Peso Médio 70-75 quilogramas, Rady Gramane teve como rival a ucraniana Karolina Makhno. Foi um combate em que o domínio da moçambicana foi inquestionável, uma vez que, no final do terceiro assalto, os árbitros atribuíram a vitória para Gramane com o claro resultado de 5 a 0.

Já com a medalha de bronze garantida, Rady Gramane vai, na quarta-feira (18), lutar por uma vaga na final com a canadiana Tammara Thibeault.

Quem também garantiu o apuramento para as meias – finais do Campeonato do Mundo na categoria dos pesos médios leves, ou seja, 70 quilogramas é Alicinda Panguana. Tal como aconteceu nas duas eliminatórias anteriores, nos quartos – de – final, Panguana voltou a não deixar os seus créditos por mãos alheias.

A pugilista inglesa, nascida nos Camarões, Cindy Ngamba, fez de tudo para travar mais um triunfo da moçambicana no certame que esta a ser disputado na Turquia, contudo viu Panguane a carimbar o passaporte para as semi-finais graças a um triunfo por 3 a 2 no terceiro e último assalto.

Na fase que antecede a finalíssima, Alcinda Panguana vai defrontar a pugilista do Cazaquistão Valentina Khalzova.

De referir que com o apuramento para as meias – finais, Rady Gramane e Alcinda Panguane, encaixaram 25 mil dólares e em caso de triunfo na final vão levar um cheque de 100 mil dólares.

Leave a Reply

Your email address will not be published.