Munícipio da Beira e CDM reforçam cooperação na área do ambiente

e-Business ECONOMIA

O Conselho Autárquico da Beira e a Cervejas de Moçambique (CDM) reforçaram a sua cooperação no sector do ambiente com a doação por parte da empresa de um veículo (camião de carga) e diverso material de limpeza, entre os quais máquinas de corte de capim, pás, máscaras com filtro, foices, forquilhas, enxadas e pás.

A doação foi feita na última quinta-feira, na cidade da Beira, pelo administrador-executivo da CDM, Hugo Gomes, ao edil daquela urbe, Albano Carrige. Para o Município da Beira, a CDM dá um sinal importante de preservação do ambiente, através da disponibilização de equipamentos convencionais de tratamento de resíduos sólidos em falta nos serviços de saneamento.

“A CDM está a dizer que, mesmo fornecendo esses produtos (bebidas alcoólicas), a partir de já nós temos que ser amigos do ambiente.O amigo do ambiente é aquele que preserva o ambiente, é aquele que não polui o ambiente, é aquele que, mesmo produzindo material poluente, sabe manejar para que esse material últil”, disse Carrige.

O administrador da CDM, por sua vez, assegurou que a cidade da Beira continuará a ser um espaço privilegiado para desenvolver acções para o bem-estar das pessoas, tendo em conta os desafios que a urbe enfrenta, agravados recentemente pela passagem de vários ciclones, com destaque para o Idai.

“Estamos convictos dos enormes ganhos que a implementação do Plano de Intervenção Ambiental trará a esta cidade, pelo que reiteramos aqui o nosso compromisso de trabalhar com os nossos parceiros para o tornar rapidamente em uma realidade”, destacou Hugo Gomes.

A acção da CDM enquadra-se num memorando de entendimento assinado com o Conselho Autárquico da Beira e a Cooperativa Repensar, com objectivo de ampliar as intervenções de protecção do ambiente.