Fátima Mimbire diz que aceitou convite do MDM para melhorar o debate na AR

DESTAQUE POLÍTICA

Já é um dado adquirido de Fatima Mimbire será cabeça – de – lista do Movimento Democrático de Moçambique nas eleições para Governador da província (de Maputo). A activista social justifica, que também é cândida a candidata a deputada, justificou aceitou o convite do partido liderado por Lutero Simango com o objectivo de melhorar   o debate na Assembleia da República.

Fatima Mimbire revelou que aceitou a proposta do Movimento Democrático de Moçambique depois uma longa maratona de negociações, tendo lembrado que “o número 03 do artigo 169 da constituição da república permite que as listas dos partidos políticos possam integrar cidadãos que não são membros do partido”.

Mimbire fez questão de lembrar que o facto de encabeçar a lista não é sinônimo de militância no MDM, justificando que aceitou o convite para simplesmente representar o povo na Assembleia da República.

“Eu não sou membro do MDM aceitei integrar ao MDM por uma questão de ajudar a melhorar a qualidade de discussão na assembleia da república e também representar os cidadãos. É preciso lembrar que a assembleia da república é casa dos cidadãos e não dos partidos”, declarou. (Elísio Nuvunga)

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *