Nyusi admite que Sustenta pode vir a ser um fiasco

DESTAQUE ECONOMIA SOCIEDADE

O Governo pretende alcançar os objetivos que desenhou para a campanha “Fome Zero” até 2030. O projecto Sustenta, um programa nacional de integração da agricultura familiar em cadeias de valor produtivas, foi elaborado com objetivo de melhorar a vida dos agregados familiares rurais através da promoção de agricultura sustentável, no entanto até ao presente ainda não se fez sentir na vida dos beneficiários. O presidente da República Filipe Jacinto Nyusi admitiu que o Sustenta pode vir a ser fiasco tal como aconteceu com outros projectos.

“Nós temos que acreditar no Projecto Sustenta, embora saibamos que pode falhar, tal como aconteceu com outros projectos. A nossa preocupação é fazer com que não falhe. Para o efeito, é preciso acreditar no processo. Diversos produtores de arroz acreditam no Sustenta e estão a levar a sério”, disse o Presidente da República.

O grosso da produção do arroz produzido em Moçambique em vendido no exterior. Questionado se o país está ou não em condições de acabar com a importação de arroz, Nyusi explicou ainda que está em curso a produção de arroz no distrito de Chókwè, em Gaza, e noutras regiões do país com arrozais.

Importa referir que o arroz é o segundo produto mais importado no país – 300 mil toneladas importadas num investimento que aproxima os 200 milhões de dólares – depois do trigo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *