Chefe da diplomacia europeia cancela visita a Moçambique

DESTAQUE POLÍTICA

O chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, cancelou a visita de dois dias a Moçambique devido a um caso de covid-19 na comitiva que o acompanhava. O início da visita estava previsto para este domingo e estavam no topo da agenda o terrorismo em Cabo Delgado e a missão europeia que está a treinar tropas moçambicanas.

“Um membro da delegação testou positivo antes da chegada a Moçambique e, embora o resto da equipa tenha tido repetidamente resultados negativos, decidiu-se não viajar para Moçambique como medida de precaução”, disse à Lusa o porta-voz principal do Alto Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros.

Uma nova data para a visita vai ser concertada com as autoridades moçambicanas, acrescentou.

Antes de Moçambique, Borrell terminou no sábado uma visita ao Quénia, antecedendo a VI cimeira UE-África, prevista para 17 e 18 de fevereiro, em Bruxelas.

Borrell tinha previstas reuniões com o Presidente da República, Filipe Nyusi, e com a ministra dos Negócios Estrangeiros, Verónica Macamo, além de uma visita à missão militar da UE no país.

Leave a Reply

Your email address will not be published.