Artistas promovem cultura moçambicana no E-Swatini

CULTURA DESTAQUE

Artistas moçambicanos promovem a cultura nacional além fronteiras na terceira edição do “Festival Makoti”. Trata-se de um evento a decorrer no dia 27 de Abril, no reino E-Swatine. Estarão em palco os artistas Tchakaze (cantora), grupo Tufo da Mafalala a estilista Mabenna.

Tchakaze, uma artista enérgica que espanta “demônios” em palco, prometeu levar ao rubro os espectadores daquele país ao ritmo da marrabenta e outros estilos locais e, claro com mensagens que visam dar “stop” à violência e fim dos casamentos prematuros.

“Participar do Festival Makoti vai ser um prazer enorme. Vou carregar comigo ritmos tradicionais moçambicanos, para além das mensagens que já falam e são contra qualquer tipo de violência, casamentos prematuros (…) então esperem muita energia ” prometeu.

Por seu turno, um dos emblemáticos grupos de canto e danço no país e, veterano quando o assunto é levantar bandeira na diáspora, garante dar o seu máximo e levar o público ao delírio. “Nós somos velhas mas quando o assunto é dança, somos boas dançarinas” disse o representante do grupo. Para Rainha Saquina, integrante do grupo, promete tornar o evento memorável e representar como deve ser a bandeira nacional, em especial a província de Nampula.

No entanto, para a delegação moçambicana, fazer se presente no festival que celebra a mulher e o mosaico cultural africano, precisa ainda de apoio logístico. “Que o governo moçambicano apoie pelo menos a nossa delegação que é composta por cerca de 30 moçambicanos, então, gostaríamos de ter um apoio do governo pelo menos ao nível de transporte até à fronteira outra parte será feita pelo país do evento”.  Destacou Féling capela. (Elisio Muchanga)

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *