Há candidatos que estão a trabalhar na surdina para desafiar Lutero Simango

DESTAQUE POLÍTICA
  • “Ciclone” Navalha volta a atacar no MDM

Depois de ter falhado a promessa de apresentar o seu candidato em Março passado, o Movimento Democrático de Moçambique (MDM) anunciou, finalmente, a realização do seu Conselho Nacional que, dentre vários aspectos, vai eleger o candidato do partido, numa altura que, segundo Agnaldo Navalha, membro do MDM, há proeminentes membros da terceira força política do país que estão a trabalhar em “surdina” para acabar com o reinado de Lutero Simango. 

Duarte Sitoe

Baseando-se nos pronunciamentos de Oscar Monteiro, que referiu que o partido liderado por Filipe Nyusi corre o risco de ser penalizado nas urnas devido a morosidade no anúncio do candidato presidencial, durante a III Sessão Ordinária do Comitê Central da Frelimo, o militante do MDM, Agnaldo Navalha, refere que tal como Nyusi na Frelimo, Lutero Simango deve priorizar a questão da sucessão na liderança do partido

“Excia, Óscar Monteiro disse que agradecia o contributo do presidente do seu partido, mas que era a hora de deixar os destinos do mesmo. Excia pedi emprestado as palavras do Veterano da Luta de libertação de Moçambique para enquadramento dentro do meu partido MDM. Tenho algo em comum com o Óscar Monteiro. Somos todos fundadores dos nossos partidos e não fazemos parte hoje da direcção. Isso facilita a observação do partido, ver e ouvir todas as esferas sociais, políticas culturais e económicas do país”, declarou Navalha em mais uma carta aberta ao presidente do MDM.

No seu entender, o “Galo” está também atrasado no anúncio do candidato presidencial e excluindo qualquer possibilidade de Lutero Simango como candidato presidencial. No seu entender, o partido deve escolher entre Albano Carige, Venâncio Mondlane, Raul Novinte e Albino Forquilha como seu candidato para a Ponta Vermelha.

“Excia Presidente, não havia de terminar sem lembrar que está difícil para Venâncio Mondlane ser candidato presidencial pela Renamo. Que tal, mas que tal mesmo, senhor presidente, convocar uma reunião antes do Conselho Nacional com ilustre. Albano Carige já mostrou a boa governação e boa gestão da coisa pública. Tem carisma e é aglutinador de valores. Venâncio Mondlane, este, é hoje a febre do momento, não se fala de mais nada senão ele, então é sim uma peça a ter em conta, Raul Novinte está, ao seu jeito, a dinamizar Nacala Porto e é ouvido em Nampula, e ser Candidato a Governador Provincial pode ser mais-valia. Albino Forquilha do PODEMOS, Presidente do partido, tem uma boa representação de membros da Frelimo que temos de ter o seu apoio à candidatura do MDM”, sugere.

Nas entrelinhas, Agnaldo Navalha defende que o MDM deve traçar urgentemente o perfil do candidato presidencial para que o mesmo possa granjear simpatia dos membros do partido e, sobretudo, dos moçambicanos.

“Urge a necessidade de a Comissão Política Nacional traçar o perfil do candidato presidencial e lançar as candidaturas para quem quer de forma individual e para quem quer ser apoiado de forma colectiva. Democracia remete-nos a liberdade de expressão, liberdade de pensar liberdade de opinião, liberdade de eleger liberdade de ser eleito. A democracia tem custos a suportar e hoje temos de evitar o Maquiavelismo, matar tudo e todos para os nossos fins, não, mas temos que ter situações reais que apoquentam os jovens, as mulheres em particular”, sublinha.

Facebook Comments