EUA doa equipamento médico à aldeia de Mussoma em Niassa

SOCIEDADE

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos de América (EUA) doou uma ambulância Tuk Tuk, equipamento e provisões médicas à aldeia de Mussoma, localizada dentro da Reserva Especial do Niassa. De acordo com o comunicado daquele departamento, a doação irá melhorar, significativamente, o alcance e a capacidade da clínica de saúde local para fornecer serviços médicos urgentes à comunidade envolvente.

A cerimónia da entrega daquele equipamento, foi presidida pelo tenente Coronel Fergal O’Reilly, quem destacou a importância daquele equipamento essencial para tratamento médico.

A ambulância Tuk Tuk fornecerá acesso rápido e ágil a locais remotos dentro das zonas de tampão da Reserva Especial do Niassa, reduzindo o tempo necessário para os residentes locais receberem cuidados médicos de emergência, reforçando a parceria entre a Reserva Especial do Niassa e as suas comunidades fronteiriças, e salvando vidas.

Em Niassa, o governo dos EUA diz estar firmemente empenhado no combate ao tráfico de vida selvagem, um crime transnacional grave que ameaça a segurança, a prosperidade económica, o estado de direito, os esforços de conservação de longo prazo, e a saúde humana em Moçambique.

Através da sua embaixada em Maputo, EUA disponibilizou dois milhões de dólares à Sociedade de Conservação da Vida Selvagem (WCS) para apoiar os esforços de combate ao tráfico de vida selvagem na Reserva Especial do Niassa.

Lembre-se que a USAID lançou, recentemente, o projecto ECOSMART-2 para combater as redes criminosas transnacionais e o abate ilegal de árvores, a exploração mineira e a pesca na reserva.  O projecto também ajuda a promover a segurança alimentar, proteger os recursos hídricos, apoiar o turismo, e criar oportunidades de emprego para a comunidade local.

O apoio ao desenvolvimento comunitário e à conservação da vida selvagem são componentes críticos da assistência mais ampla do governo dos EUA em Moçambique. Em estreita colaboração com o governo da República de Moçambique, o governo dos EUA. disponibiliza anualmente mais de 500 milhões de dólares em assistência para melhorar a qualidade da educação e dos cuidados de saúde, promover a prosperidade económica, e apoiar o desenvolvimento global dos países.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *