Covid-19 em Inhambane: Governo suspende aulas presenciais em três distritos

SOCIEDADE

Entre Junho e Julho, Moçambique foi fustigado pela mortífera terceira vaga da pandemia do novo coronavírus. A subida exponencial de número de novas infecções e óbitos fez com que o Presidente da República agravasse medidas de combate à covid-19.

Em Inhambane o aumento dos casos nas escolas obrigou o Governo a encerrar oito escolas em Vilankuo. Nesta semana, o Ministério de Educação decidiu suspender as aulas presenciais em três distritos na “Terra de Boa Gente”

A informação do encerramento das escolas nos distritos de Maxixe, Vilankulo e vila de Massinga foi tornada pública através de um despacho ministerial, assinado pela ministra da Educação e Desenvolvimento Humano, Carmelita Namachulua.

A suspensão em alusão, ainda de acordo com o despacho ministerial, entra imediatamente em vigor e deverá durar até à vigência do Decreto 50/2021 de 16 de Julho que aborda sobre as medidas a serem aplicadas no país, concernentes à prevenção da Covid-19.

Refira-se que, na última semana de Julho, o sector da educação ao nível da província de registaram 79 casos positivos da covid-19, sendo que 24 são professores e os restantes funcionários afectos ao departamento administrativo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *