Nyusi insta empresários a serem atrevidos e deixarem de ser receptivos

DESTAQUE ECONOMIA POLÍTICA

Discursando na abertura da Conferencia Anual do Sector Privado (CASP), que iniciou nesta quarta-feira, 30 de Março, em Maputo, o Presidente da República, Filipe Jacinto Nyusi, instou ao empresariado nacional para abandonar as reclamações e trazer soluções para contribuir para o melhoramento do ambiente de negócios no país.

Com a eclosão da economia da pandemia da Covid-19, o Governo viu-se obrigado a anunciar algumas medidas restritivas para conter a propagação da pandemia viral. O grosso das medidas anunciadas pelo Executivo colocava os empresários em desespero.

Na abertura da Conferencia Anual do Sector Privado (CASP), o Chefe de Estado advertiu que o empresariado nacional deve ter um espírito competitivo e deixar de ser receptivos. “Antes de reclamarem, devem trabalhar. Os empresários nacionais devem ser atrevidos, devem apostar na internacionalização e deixarem de serem receptores”, atacou Nyusi para depois instar o empresariado nacional para contribuir para o melhoramento do ambiente de negócios na perola do indico.

“Para o efeito, há que se promover linhas financeiras que possam contribuir para a industrialização do país e aliviar algumas empresas do sufoco contra o impacto negativo da Covid-19”.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.