SED terá que abrir os cordões à bolsa para os Mambas jogarem no FNB Stadium

DESPORTO DESTAQUE

A gestão danosa do Estádio Nacional de Zimpeto (ENZ) vai, mais uma vez, obrigar a seleção nacional de futebol a recorrer a campos emprestados para realizar os seus jogos na condição de anfitriã. Para o arranque da fase de qualificação para o CAN-2023, face a indisponibilidade do ENZ, a Federação Moçambicana de Futebol escolheu o FNB Stadium da Africa do Sul para receber o Ruanda na ronda inaugural, mas para o efeito o Governo, através da Secretaria de Estado do Desporto, terá que pagar valores que rondam entre 1.5 e 2.5 milhões de meticais.

A nova catedral do futebol moçambicano ainda não reúne os requisitos exigidos pela Confederação Africana de Futebol para receber jogos internacionais. Com a interdição daquele recinto desportivo construído aquando da realização dos X Jogos Africanos, a entidade que chancela o futebol em Moçambique teve que recorrer a vizinha Africa do Sul, concretamente no FNB Stadium, para   realizar o seu primeiro jogo no Grupo L de Qualificação ao CAN-2023.

A Federação Moçambicana de Futebol foi quem escolheu o local da realização da partida, mas os custos do aluguer do campo serão pagos pela Secretaria do Estado do Desporto. Assim sendo, de acordo com a carta que FMF enviou a SED, o custo da realização do jogo sem publico é de Duzentos e oitenta mil setecentos e oitenta e sete randes, ou seja, 1.5 milhões de meticais.

Por outro lado, a Federação Moçambicana de Futebol refere que para a realização do jogo com a presença de espectadores, o Governo terá que cordões à bolsa e pagar quinhentos e noventa mil oitocentos e cinquenta randes o que corresponde 2.5 milhões quando convertido em moeda nacional.

Dados na posse do Evidências apontam que o Governo aceita pagar a factura pela incompetência na gestão do Estádio Nacional, sendo que, para minimizar os custos, a partida entre a seleção nacional e a sua congénere do Ruanda será realizada sem público.

Leave a Reply

Your email address will not be published.