Filipe Nyusi alerta que nenhuma província está imune aos terroristas

DESTAQUE SOCIEDADE

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi alertou durante a cerimónia de tomada de posse do novo vice-ministro da Saúde, Ilesh Jani, e de cinco secretários de Estado, nesta segunda-feira, 23 de Janeiro, que nenhuma província do país está imune aos ataques dos grupos terroristas, e referiu que a prevenção e combate aos grupos armados estão neste momento entre as maiores prioridades do país.

“As acções dos terroristas podem ocorrer em qualquer parte do território nacional, nenhuma província pode se sentir imune”, disse Filipe Nyusi.

O governante disse que embora outras províncias escapem dos ataques de grupos armados, estas podem ser palco de recrutamento de membros ou fontes de financiamento para os actos terroristas. Sendo assim, Nhyusi disse que os governantes provinciais devem ter como prioridade a prevenção e combate ao terrorismo, visto que a violência gerada por estes ataques atenta contra a vida das populações e trava o desenvolvimento do país, referiu o Presidente.

Nyusi apelou aos novos dirigentes para que impulsionem a execução dos programas de combate à pobreza e desenvolvimento do país, em especial a província de Cabo Delgado que enfrenta há cinco anos a insurgência armada tendo alguns ataques reclamados pelo autoproclamado Estado Islâmico.

De acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), o conflito armado já causou cerca de um milhão de deslocados e cerca de 4.000 mortes.

Facebook Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *